domingo, 13 de novembro de 2011

Ser Jipe em Sergipe.

Se eu fosse carro, iria ser jipe
Não entendo de motor, porém de amor
Se eu fosse ser fruta, seria caju
(Arrá! Caju! Que fruta majestosa)
Mas e se eu fosse escolher região,
Me mandava pro nordeste
Já que lá não é sudeste
Onde o Rio tá enchendo
- transbordando meu amor –
No nordeste não tem dor

Se eu fosse pro Nordeste,
Se eu fosse ser jipe
(Em Sergipe) com a minha
Namorada na janela
Se eu fosse ser fruta
(Caju!!!) Em Aracaju
Cairia em seu quintal
Comido, feito animal
Ou bebido, num suco
Mas se eu fosse ser humano
Diria o quanto sou sofrido
Por ser deixado em 2º plano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Como eu estou escrevendo?) Acrescente suas ideias, estrelinha...