segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Façam alguma cousa(!), meu amor está no mar!

Tua boca prosa, teus olhos versos, teu sexo rima, teus seios ritmo. O desejo que nutro pelo seu coração, que meu peito grita, que à noite não durmo por estar ocupado demais te esperando me responder enquanto te chamo em vão, enquanto tateio nossa cama, enquanto fraquejo na voz, nos versos e nas prosas.

Alguém conte a água
Como ela é fria
E lhe aqueça num poema
Até o fim do dia.

Meu amor jogou-se ao mar. Ondas façam alguma coisa! Tragam-na de volta! Mas cuidado, não a machuque. Minha dama se suicidou e meus versos ficaram calados, minhas palavras molhadas não iniciam mais com letra maiúscula. Minha vida inteira é uma única frase, sem sujeito, sem verbo e sem predicado. Todas as coisas se calaram quando meu amor jogou-se ao mar. O vento enfurecido soprou mais forte, não a deixando afundar. A Lua, culpada, estendeu-se no mar. As estrelas comovidas choraram. O meu amor se foi! O meu amor se afogou em nosso medo. O que mais temíamos se tornou seu óbito.

Alguém conte ao poeta
Que seu amor entregou-se ao mar
A noite fez-se deserta
Sem qualquer rastro de luar.

Meu amor suicidou-se! O mar acolhe agora todos os seus medos, a minha amante agora é fria e pálida. Trás consigo os versos que lhe segredei em todas as noites que sonhei fazer amor com ela. Minha divina dama está agora tão distante, no meio do oceano, cercada pelos mares mais profundos. Amada pelos marinheiros e pelos pescadores, mergulhada em toda minha poesia, em todos os meus versos e no vazio do universo. Ao amanhecer, quando todas as estrelas se recolhem, choro nas águas vastas do oceano pelo corpo de minha amada. Talvez ela sinta meus olhos choverem. Fui ferido! Nunca pensei amar tanto o mar como hoje o amo. Mas o mesmo agora é o lar de minha linda flor. Minha rosa está a despetalar para todos os mares, como nunca despetalou para mim.

4 comentários:

  1. Seu blog é lindo do começo ao fim! Estou simplesmente apaixonada por seus textos! Nem sei o que dizer direito, você já escreveu tudo e mais um pouco :)

    ResponderExcluir
  2. Eu juro que se eu fosse dona de uma editora, eu publicava um livro seu amanhã mesmo. Amor, você tem tanto talento e uma sensibilidade que encanta. Mais um para os meus favoritos. <3

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso, delicioso de se ler, tu combinas muito bem as palavras, de modo que elas se encaixam como se fossem feitas uma pra outra, e elas são doces, cheias de encanto. Muito bom mesmo. :3

    ResponderExcluir
  4. Não vejo a hora de pegar num de seus livros, e então poder tocá-lo, cheirá-lo, senti-lo e por fim, devorá-lo imensamente. Meu sonho é que este dia chegue e eu possa receber teu abraço apertado enquanto digo: "Princesa Buarque, agora sim conseguiste realizar um sonho 'compartilhável', pois o seu sonho também era o meu: o seu de escreve um livro e o meu de poder ler-te num livro!".
    Cada dia mais me apaixono por cada letrinha, cada palavra, cada canto de teus en(cantos), menina linda. Beijos beijos. Amo-te <3

    ResponderExcluir

(Como eu estou escrevendo?) Acrescente suas ideias, estrelinha...