domingo, 9 de janeiro de 2011

Curta descoberta.

POUSOU na ponta de meu nariz uma borboleta cor-de-rosa,
Balancei a cabeça devagar, e ela foi embora.
Continuei caminhando e
POUSOU na minha mão esquerda, um passarinho azul
Sacudi a mão devagar, e ele foi embora.
Continuei caminhando na esperança de outro bichinho voltar
No fim do dia, percebi que não veio mais nenhum.
Sentei numa pedra e me perguntei o que fiz de errado
Quando então POUSOU em mim a descoberta que fiz o mesmo que todos os outros:
Afastei aqueles que gosto agindo sem pensar.

6 comentários:

  1. Essa realmente me encantou, Hozze. -A

    ResponderExcluir
  2. Já fizeram uma comparação semelhante com o amor, mas você foi bem mais longe.

    ResponderExcluir
  3. UAUL! De uma forma muito simples e direta conseguiu me fazer refletir.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada. O objetivo era este: a reflexão.

    ResponderExcluir

(Como eu estou escrevendo?) Acrescente suas ideias, estrelinha...